Saiba detalhes sobre diversidade

Portanto, a cultura inclusiva aqui é a garantia de que a inovação pela qual os players estão sedentos não seja mais uma disrupção tecnológica – que arrisca ampliar o abismo social em que nos encontramos – mas aquela que parte do subjetivo humano. É a inovação que parte de um ponto de vista diferente, que vem das histórias de vida única das pessoas que fazem parte do debate estratégico fundamental para a inovação. A presente pesquisa do tipo bibliográfica tem como objetivo discutir as peculiaridades dos processos formativos de professores de educação especial por meio de uma cultura educacional inclusiva.

A princípio, as organizações acreditam que basta contratar um profissional com deficiência que isso garante a inclusão. Com a Lei de Cotas e os programas de inclusão social, os índices de exclusão têm diminuído. Assim, as oportunidades de ingressar em uma empresa que prega uma cultura inclusiva estão em expansão.

Uma barreira bem grande na vida das pessoas com deficiência é a comunicação. Grande parte das pessoas não sabe Libras e grande parte dos lugares não dispõe de materiais em Braile, por exemplo. O que deve ser realizado nesse caso, portanto, é a apresentação das informações de forma clara e acessível para todos, com as ferramentas necessárias para se relacionar de maneira interpessoal, digital ou escrita.

O chamado viés inconsciente se trata dos estereótipos que são criados a partir de experiências e situações vivenciadas por nós ao longo da vida. Cabe a cada um tentar desenvolver e desconstruir esses aspectos para que tenhamos uma convivência mais humana e inclusiva. O processo para criar essa postura nos colaboradores é simples e pode ser feito de inúmeras formas. O objetivo é criar a disposição para conhecer mais sobre o próximo e não hesitar em buscar mais informações quando preciso. O conceito de cultura inclusiva nas empresas muitas vezes é entendido de forma errada.

Treinamento de viés inconsciente aqui.

Agora, é necessário entender o que fazer com a equipe diversificada e como usufruir o máximo dos benefícios que ela traz. O debate estratégico só pode acontecer com a garantia de que nenhuma ideia será irrelevante, e que nenhuma pessoa ficará para trás.

A iniciativa do curso é da Arkhé, e conta com incentivo do Funcultura. O curso destina-se a pessoas que já trabalham com artes visuais (como curadores, gestores de instituições culturais, museólogos, produtores culturais, arte-educadores e técnicos das áreas de expografia, etc). Profissionais da área que possuam algum tipo de deficiência também podem se inscrever. Normalmente, as dificuldades são criadas por nós mesmos, na fala, no tratamento e no pensamento em relação à pessoa com deficiência. Isso acontece quando somos preconceituosos, omissos ao preconceito ou quando infantilizamos a PcD, inibindo a sua autonomia e crescimento.

  • Profissionais da área que possuam algum tipo de deficiência também podem se inscrever.
  • Isso acontece quando somos preconceituosos, omissos ao preconceito ou quando infantilizamos a PcD, inibindo a sua autonomia e crescimento.
  • O curso destina-se a pessoas que já trabalham com artes visuais (como curadores, gestores de instituições culturais, museólogos, produtores culturais, arte-educadores e técnicos das áreas de expografia, and so on).
  • A iniciativa do curso é da Arkhé, e conta com incentivo do Funcultura.

Nosso foco é gerar uma cultura inclusiva dentro e fora da empresa, para que no futuro não sejam necessárias políticas afirmativas para garantir a inclusão e a diversidade no mercado de trabalho. Já está claro que não basta, simplesmente, matricular pessoas com deficiências em qualquer escola para think aboutá-las incluídas. Tudo isso é fundamental, não resta dúvida, mas ainda não é, por si só, suficiente. Quando se tem uma cultura inclusiva nas empresas, é possível perceber os ganhos não apenas para a organização, mas, para todos os seus colaboradores. Saiba sobre programas de mentoria . Além disso, criar campanhas que possam reforçar o que foi aprendido em palestras e treinamentos faz com que a cultura inclusiva nas empresas se torne mais pure.

“o livro é um produto de elite, logo, quem compra pode pagar um preço maior” acesso à cultura no brasil está cada vez mais difícil com um governo q quer tirar inclusive q meia entrada de cinema, shows e teatro onde o governo quer ganhar mais q o autor da obra#DEFENDAOLIVRO pic.twitter.com/r02WjYIghc

— karl! at the disco 🍒 (@cagethxdragons) August 11, 2020

Repensar Os Processos De Admissão

Porém, é preciso que haja um conjunto de valores e ações para que a cultura inclusiva nas empresas seja posta em prática. Acesse aqui para ter mais detalhes sobre cultura inclusiva. Para que isso ocorra é necessário tempo e, somente quando estiver enraizada na organização, todos os colaboradores serão tratados de forma justa.

Conhecendo quais são as principais barreiras para implementar a cultura inclusiva nas empresas, deve-se seguir alguns passos para que se tenha sucesso nos resultados. Mesmo empresas que acreditam promover a inclusão devem ouvir seus funcionários a fim de garantir que a filosofia inclusiva não está apenas no papel, mas também na realidade do cotidiano.

Além disso, treinamentos e processos internos de integração na empresa devem ser realizados de maneira inclusiva. A cultura de inclusão da pessoa com deficiência é considerada um conjunto de valores e ações para que as PcD sejam acolhidas e tratadas de maneira justa e igualitária. Tais valores devem fazer parte da vida de todos da sociedade para que a inclusão aconteça de forma plena, ou seja, há uma mudança de comportamento envolvida. Esse processo não é imediato, pelo contrário, envolve diversos fatores bastante complexos, principalmente por se tratar de questões de caráter coletivo. Defender a diversidade e criar processos de recrutamento, seleção e contratação de equipes diversas já está sendo feitos pelas empresas.

Deseja mais detalhes? clique aqui em Educação inclusiva

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=rSRuF6VEA3Q]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *