Como treinar em casa com segurança – Veja 5 dicas

treinar em casa com segurança

Para treinar em casa com segurança é preciso se atentar para diversos detalhes. Afinal, não é simplesmente sair “treinando” e pronto. Mas sim, é preciso preparar o ambiente adequadamente, para assim garantir que os movimentos aconteçam de uma forma mais confortável e sem agredir a sua saúde.

Pensando nisso, no entanto, fizemos este breve guia para que você comece a treinar em casa de uma forma mais segura, inteligente e eficiente. Acompanhe e entenda.

Passo a passo para treinar em casa com segurança

Para treinar em casa com segurança você deve considerar alguns pilares:

  • O ambiente;
  • Os materiais;
  • O tênis;
  • A roupa; e
  • O desenvolvimento do seu treino.

Se você considerar tudo isso, pode ter certeza de que o seu crescimento será gradativo e as chances de sucesso são ainda maiores.

Justamente considerando tudo isso, vamos abaixo explicar com mais detalhes cada um desses tópicos. Acompanhe e entenda.

1- Tenha um ambiente espaçoso para isso

Quando falamos em ter um espaço para treinar em casa, com segurança, não entenda como algo super espaçoso e imenso. Na realidade, quando nos referimos ao termo “espaçoso”, estamos falando do fato de haver um ambiente livre de móveis e objetos que atrapalhem, especificamente, um movimento.

Por exemplo, se você quer pular corda em casa, deverá ter um ambiente propício para isso, longe de objetos cortantes, eletrodomésticos e peças decorativas que possam ser laçadas e derrubadas pela corda.

Além disso, a altura do forro da casa também precisa estar adequada e, caso não esteja, a melhor medida é apostar em outro tipo de treino, que não requer esse espaço específico.

No entanto, esse é o primeiro ponto a ser considerado: você tem espaço para determinado exercício que deseja praticar?

2- Use os materiais adequados ao seu treino

Além de escolher um ambiente que torne os movimentos livres e possíveis, lembre-se de apostar nos materiais adequados às necessidades do seu treino.

Seguindo o exemplo da corda, não adianta querer usar qualquer tipo de cordão que você tem em casa. É preciso usar a opção certa, tendo em vista que o peso inadequado da corda poderá prejudicar os seus movimentos e o seu desempenho. O mesmo vale para a prática de abdominais: se você não usar colchonetes adequados aos movimentos, poderá causar dores nas costas e lesões.

Além disso, o material inadequado pode ainda ocasionar acidentes graves, prejudicando a sua saúde e até mesmo a saúde de terceiros.

Por isso, invista no que é necessário. No começo, pode parecer um “gasto a mais”, mas considerando que ele impacta diretamente na sua segurança, vale muito a pena.

3- Use tênis para não causar lesões

Treinar em casa com segurança é sinônimo de seguir todas as recomendações dos profissionais da saúde. Dentre essas recomendações, não podemos deixar de citar a importância de usar um tênis adequado, não é mesmo?

Afinal, dependendo do movimento (que pode ser de salto ou de levantamento de peso, por exemplo), você poderá provocar efeitos nocivos na sua saúde e no seu corpo, caso não utilize o tênis adequado.

Mas, além de usar um tênis, lembre-se de investir naqueles que foram desenvolvidos para treinos e exercícios, ok? Nada de usar tênis que tem apenas o cunho “estético” e não amortece – em nada! – os impactos nos seus pés.

Na hora de treinar, você não precisa estar vestindo a roupa mais bonita possível. Pois o que importa aqui é a sua saúde e o seu condicionamento físico.

treino

4- Invista em roupas confortáveis e que não limitem o movimento

As roupas que você usa também precisam seguir critérios, assim como o seu tênis.

Sendo assim, evite usar peças de roupa que possam ser muito apertadas, curtas ou desconfortáveis. Lembre-se de que você precisa focar no seu treino e no movimento que está fazendo durante o exercício, ou seja, não pode estar prestando atenção na roupa que está subindo ou apertando.

Justamente por conta disso que as roupas de academia tendem a ser coladas no corpo de uma maneira leve, que se movimenta conforme nos movemos. Assim como as camisetas tendem a ser mais soltas, considerando que precisamos transpirar de uma forma mais confortável para não tornar o exercício tão exaustivo.

Portanto, essa é a regra número quatro quando o assunto é treinar em casa: use roupas desenvolvidas para os treinos e tenha um movimento muito mais correto e equilibrado.

  • Dica: As roupas de academia, quando usadas em casa, também nos dão um indício psicológico de que devemos levar o treino mais a sério. Ou seja, o ritual de se vestir para treinar em casa faz com que tenhamos mais motivação e disposição durante todas as séries de exercícios, o que é fundamental para que os nossos treinos criem consistência.

5- Desenvolva os treinos gradativamente, e com o auxílio de um educador

Por fim, esse é um dos pontos mais importantes para treinar em casa com segurança: é preciso desenvolver os treinos gradativamente e com o auxílio de um profissional de Educação Física.

Afinal, não adianta você cair naquela ideia errada de que devemos “correr atrás do prejuízo” para conseguirmos emagrecer ou pôr o peso em dia. Essa ideia é errônea pois faz com que muitas pessoas acabem se expondo à exercícios intensos e muito acima do que elas conseguem no momento, e com isso, desencadeiam lesões; dores; aversão a algum tipo de exercício e assim por diante.

Além disso, a prática indiscriminada de exercícios, sem o acompanhamento profissional, pode causar danos para a saúde física que, no longo prazo, serão muito sentidos e doloridos.

Por isso, comece a evoluir os seus resultados de uma maneira gradativa, e sempre converse com um profissional para que ele possa montar o treino mais alinhado às necessidades do seu organismo. Pois como sabemos, cada corpo é único, assim como cada metabolismo, e por isso os treinos devem ser desenvolvidos de acordo com o seu desempenho e a sua evolução.

Temos certeza que se você considerar todas as nossas dicas você terá resultados incríveis para compartilhar com a gente no futuro. Cuide-se e bons treinos para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *